Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / DELEGADOS SINDICAIS

Imprimir Notícia

Conselho aprova ações por nenhum direito a menos

O Conselho debateu a conjuntura político-econômica, repassou informes e aprovou resoluções.

18/10/2021 às 10:03
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O Conselho dos Delegados Sindicais (2021/2022) se reuniu neste sábado (16/10), na sede do SEEB-MA, na Rua do Sol, Centro de São Luís. Na ocasião, além de repassar informes dos locais de trabalho em todo o Maranhão, os delegados debateram a conjuntura político-econômico nacional e internacional com a professora da UFMA, Cláudia Durans.

Após os debates, o Conselho aprovou uma série de resoluções, como: a participação da categoria nas atividades convocadas pelas Centrais Sindicais e movimentos sociais pelo Fora Bolsonaro; o repúdio à direção do Banco da Amazônia, que pretende demitir funcionários do quadro de apoio e empregados com 70 anos ou mais; o repúdio à intervenção do Governo Federal no BNB; uma campanha nos locais de trabalho em defesa da jornada de 6h dos bancários e contra o funcionamento dos bancos aos sábados; construir a unidade com os servidores públicos e suas entidades na luta contra a PEC 32, que visa acabar com a carreira no serviço público e que pode atingir tanto os atuais quanto os novos servidores, além dos bancários dos bancos estatais.

“As estratégias de luta aprovadas durante a reunião do Conselho, assim como as informações compartilhadas, sem dúvidas, ajudarão os bancários do Maranhão a fortalecerem a luta por nenhum direito a menos. Pelo Fora Bolsonaro e em defesa da categoria, a nossa luta continua!” – afirmou a Diretora Gerlane Pimenta. 

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Trabalho, Resistência e Luta: por nenhum direito a menos!