Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

URGENTE / COVID-19

Imprimir Notícia

SEEB defende a inclusão dos bancários na vacinação prioritária contra a Covid

SEEB defende, ainda, que os governos garantam a vacina pública, gratuita e para todos por meio SUS.

06/01/2021 às 08:07
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA) defende a inclusão da categoria bancária no grupo prioritário de vacinação contra o coronavírus.

Desde o início da pandemia, o atendimento nos bancos foi definido como serviço essencial, o que colocou os trabalhadores na linha de frente, com altíssimo grau de exposição ao vírus, a fim de atender a população e minimizar os efeitos perversos dessa crise sanitária.

Com coragem, solidariedade e empatia, a categoria não cruzou os braços, apesar das condições de trabalho insalubres, ideais para a proliferação da Covid-19, doença que contaminou e vitimou diversos bancários no país, assim como terceirizados, clientes e usuários dos bancos.

Mesmo expostos a aglomerações, muitas vezes sem itens básicos de segurança, como álcool em gel e luvas, trabalhando em locais fechados e com pouca ventilação, os bancários continuaram a atender ao público, viabilizando, por exemplo, o pagamento do auxílio emergencial aos brasileiros, dentre outras tarefas que evitaram o colapso econômico e social do Brasil.

Vale ressaltar que, com a vacinação prioritária, os bancários deixarão de ser potenciais propagadores do coronavírus, podendo, assim, continuar a exercer a sua atividade essencial, sem arriscar a sua própria vida, a de seus familiares e a de todos aqueles que precisam utilizar os serviços presenciais nas agências bancárias.

Sem qualquer apoio dos banqueiros e do Governo Bolsonaro, este último perdido e atrasado quanto à vacinação, o SEEB-MA faz um pedido ao Governo Flávio Dino no sentido de incluir os bancários maranhenses na primeira fase do plano de imunização prioritária do Estado.

Afinal, o STF reconheceu a autonomia dos entes federativos no combate à Covid-19, bem como autorizou o Maranhão a comprar e a distribuir vacinas registradas em caso de omissão da União.

“Desse modo, contamos com a sensibilidade do governador, tendo em vista o risco suportado pela categoria, por seus familiares, pelos clientes e usuários, devido à alta exposição ao vírus, ao fator etário e epidemiológico, bem como a função essencial do bancário no enfrentamento da pandemia” – afirmou o presidente do SEEB-MA, Eloy Natan. 

Por uma vacina pública, gratuita e para todos por meio do SUS...
Nós, do Sindicato dos Bancários, também vamos à luta!

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!