Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

DESTAQUE / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

SEEB-MA na luta contra a sobrecarga de trabalho no BB

SEEB-MA denuncia as péssimas condições de trabalho a que estão submetidos os bancários do BB no MA.

09/07/2020 às 12:24
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

O SEEB-MA denuncia as péssimas condições de trabalho a que estão submetidos os bancários do Banco do Brasil em todo o Maranhão.

Em visita às unidades, os diretores do Sindicato comprovaram a superlotação das agências e a sobrecarga de trabalho dos funcionários que estão realizando o atendimento presencial durante a pandemia.

“Como se não bastasse o medo de contrair a Covid-19 devido às aglomerações, os bancários não estão conseguindo atender ao grande fluxo de pessoas nos bancos, o que tem gerado, inclusive, o adoecimento físico e mental da categoria” – afirmou o diretor Dielson Rodrigues.

Para o SEEB-MA, esse problema é resultado da decisão irresponsável dos governos, que – na tentativa de passar uma ideia de normalidade – decretaram a abertura geral de todos os estabelecimentos no Estado, num momento em que a pandemia do coronavírus se agrava em todo o país, com mais de 68 mil mortos no Brasil e mais de 2.300 vítimas fatais no Maranhão.

Segundo Dielson, o Banco do Brasil também tem a sua parcela de culpa em relação à sobrecarga de trabalho dos seus empregados, pois em vez de convocar mais aprovados nos últimos concursos, preferiu investir em programas de demissão voluntária, diminuindo, assim, o quadro de funcionários do banco a números alarmantes, apesar dos lucros exorbitantes obtidos a cada ano.

Diante disso, o SEEB-MA exige dos governos a retomada da quarentena geral em razão da gravidade da pandemia, além da definição de um rol de atividades mínimas e essenciais que devem ser prestadas presencialmente nos bancos.

Por sua vez, o Sindicato cobra do Banco do Brasil a divulgação e a adoção de canais de atendimento remotos que diminuam a superlotação das agências e a sobrecarga de trabalho dos bancários enquanto durar essa crise sanitária.

“Caso nenhuma medida seja adotada, o SEEB-MA já estuda outras ações para defender os direitos e a saúde dos funcionários do BB” – finalizou Dielson. 

GALERIA
Fotos | 14/07/2020

Atos públicos contra o fechamento do BASA

SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!