EM FOCO / REFORMA TRABALHISTA

Imprimir Notícia

Reforma Trabalhista faz 1 ano sem gerar empregos

Medida precarizou, ainda mais, os direitos dos trabalhadores, como alertou o movimento sindical.

05/11/2018 às 12:17
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

A Reforma Trabalhista do Governo Temer completará um ano de vigência no dia 11 de novembro. Criada sob o pretexto de gerar mais empregos, o que de modo algum ocorreu, a medida fez foi precarizar, ainda mais, os direitos dos trabalhadores, como bem alertou o movimento sindical.

De todos os efeitos prejudiciais da Reforma, o mais nefasto – sem dúvida – foi o cerceamento do acesso à Justiça gratuita, obrigando o trabalhador a pagar os honorários do advogado do empregador, caso perca a ação. Com isso, houve uma queda de 46% no número de ações trabalhistas no primeiro semestre de 2018. Na Bahia, por exemplo, uma bancária foi obrigada a pagar R$ 67 mil ao Itaú. Um absurdo!

Outra consequência desastrosa da Reforma foi o aumento das desigualdades no mercado de trabalho, com queda de renda e perda salarial. De acordo com um estudo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Econômicos), os bancários já começaram a ser atingidos pela medida, como no caso do Banco do Brasil, que abriu uma agência, em São Paulo, somente com trabalhadores terceirizados, sem qualquer estabilidade e com salários 75% menores do que o de um bancário.

Portanto, a história de que a Reforma Trabalhista geraria algo em torno de 6 milhões de novos empregos não passou de uma falácia. Na prática, houve – na verdade – um aumento do desemprego, de 12 para 13,1%, totalizando, oficialmente, 14 milhões de desempregados no país, número que somado aos trabalhadores subutilizados, chega a 28 milhões.

Para o SEEB-MA, nunca houve dúvidas, é necessário revogar essa Reforma o quanto antes, a fim de restabelecer o mínimo de igualdade na relação entre empregados e empregadores e, sobretudo, o respeito aos direitos dos trabalhadores em geral.
Vamos à luta! 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!