PLANTÃO / SALÁRIO

Imprimir Notícia

Mesmo com ensino superior, mulheres ganham menos

12/03/2018 às 10:05
A+
A-

Mesmo em maior número entre pessoas com ensino superior completo, as mulheres ainda enfrentam desigualdade de gênero no mercado de trabalho. Essa disparidade se manifesta na hora de receber o rendimento mensal.

No salário habitual médio de todos os trabalhos, por sexo, entre 2012 e 2016, as mulheres ganham em média 75% do que os homens ganham, significando que o sexo feminino tem o rendimento habitual médio mensal no valor de R$ 1.764,00 enquanto o deles é de R$ 2.306.

Segundo os dados divulgados nesta quarta-feira (07/02) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a população de 25 anos ou mais de idade, em 2016, as mulheres somavam 23,5% e os homens, 20,7% com ensino superior completo. E quando se comparam os dados com homens e mulheres de cor preta ou parda, os percentuais caem bastante: 7% entre homens e 10,4% entre mulheres.

O levantamento mostra ainda diferença com relação à raça. As mulheres brancas alcançam superior completo em proporção duas vezes maior do que as pretas e as pardas, interferindo até mesmo na chance de concluir o ensino superior. Infelizmente a cor da pela ainda intensifica a desigualdade e o racismo no país.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!