DESTAQUE / BASA/CAPAF

Imprimir Notícia

Justiça autorizou uso da polícia para banco pagar aposentados

O SEEB-MA repudia com veemência os ataques constantes do Banco da Amazônia contra os vinculados ao plano BD da CAPAF.

26/03/2013 às 09:34
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Foto: Google (Reprodução)

O SEEB-MA repudia com veemência os ataques constantes do Banco da Amazônia contra os vinculados ao plano BD da CAPAF.

Numa ação judicial maldosa, que tinha como único objetivo afligir os aposentados e pensionistas, o BASA tentou mais uma vez, sem sucesso, suspender o pagamento dos benefícios desses trabalhadores.

No entanto, na quinta-feira (21/03), a Justiça do Trabalho rechaçou os argumentos do banco e, com rigor, determinou prazo de 24h para que o BASA cumprisse sua obrigação e pagasse os aposentados. A Justiça autorizou ainda o uso de força policial, caso o banco criasse algum obstáculo contra a decisão.

Publicada a sentença, rapidamente o banco resolveu o problema. Diante disso, o SEEB-MA tranquiliza os vinculados e ressalta que esse novo ataque do BASA não passa de uma provocação para tentar desestabilizar os mais idosos.

O que vale mesmo é o posicionamento consolidado da Justiça sobre essa questão e a ação vitoriosa da AABA que OBRIGA o banco e a CAPAF a creditarem mensalmente os benefícios nas contas dos aposentados e pensionistas.

O resto é artimanha do banco sem nenhuma garantia legal. Vale ressaltar que as decisões da Justiça estão cada vez mais firmes. Nesta sentença, o alerta já foi dado: ou paga ou é preso. Vamos ver o que acontece da próxima vez.

Confira a decisão da Justiça
Confira o mandado para cumprimento da decisão

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.