URGENTE / CENTRAIS 'RESSUSCITARAM' O IMPOSTO SINDICAL

Imprimir Notícia

Por taxa negocial, Contraf-CUT e Contec enterram a greve dos bancários

A taxa negocial é uma espécie de desconto obrigatório, que substituirá o Imposto Sindical, sem direito à oposição dos bancários.

10/09/2018 às 10:46
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

O Comando Nacional, liderado pela Contraf-CUT e pela Contec, deu mais um duro golpe nos bancários ao assinar o novo acordo coletivo com os banqueiros e o governo.

Na surdina, sem qualquer transparência durante as negociações da Campanha Salarial, o Comando inseriu na Convenção Coletiva (CCT) uma cláusula que garante uma “taxa negocial” às centrais e sindicatos pelegos, espécie de desconto obrigatório, que substituirá o Imposto Sindical, sem direito à oposição dos bancários.

Ao todo, os trabalhadores terão um desconto de 3% em seus provimentos, ou seja, 1,5% sobre a PLR mais 1,5% sobre o salário, valor equivalente ao que era descontado na época do extinto Imposto.

Na prática, para manter suas benesses e privilégios, os sindicatos e centrais que antes eram dependentes do governo, agora, viraram escravos dos banqueiros.

Por isso, não houve greve, não houve luta nem qualquer conquista na Campanha Salarial 2018. O SEEB-MA, porém, devolverá o valor descontado aos seus associados e lutará na Justiça pela suspensão da cobrança dessa taxa abusiva e imoral.  

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!