EM FOCO / BANCO DO BRASIL

Imprimir Notícia

SEEB-MA cobra fim do assédio em agências digitais do BB

Bancários denunciaram a cobrança excessiva por metas nos escritórios digitais do BB, no Maranhão.

02/02/2018 às 14:44
Ascom/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

Diversos bancários denunciaram o assédio moral e a cobrança excessiva por metas nos escritórios digitais do Banco do Brasil, no Maranhão.

Há relatos de que alguns gerentes gerais têm controlado, inclusive, o tempo que cada bancário levanta de sua cadeira nas agências. Os gestores também têm enviado mensagens para os celulares pessoais dos funcionários que estão fora do expediente. O objetivo do banco com essa pressão é aumentar as vendas por meio do atendimento digital.

Porém, esse modelo ainda é visto com desconfiança pelos clientes, que estavam acostumados com o atendimento presencial, por meio de assinaturas de contratos e uso de senhas para comprovar a contratação de serviços.

“O banco não quer dar tempo para o cliente se adaptar ao novo modelo digital. Isso dificulta as vendas e faz com que a pressão por metas e o assédio moral aumentem” – reclamou um bancário.

Para o presidente do SEEB-MA, Eloy Natan, é inadmissível que o Banco do Brasil pratique assédio moral contra seus funcionários para o cumprimento de metas tanto em suas agências físicas quanto nas digitais. “Sem dúvida, tomaremos as medidas cabíveis para fazer cessar essa prática abusiva do BB” – afirmou Eloy. 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!