DESTAQUE / REFORMA TRABALHISTA

Imprimir Notícia

Senadores do MA votam a favor da reforma trabalhista

Reforma rasga CLT e joga no lixo direitos conquistados com muita luta por trabalhadores

12/07/2017 às 18:00
Leandro Santos - ASCOM/SEEB-MA
A+
A-

Clique na foto para ampliá-la

A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) foi totalmente rasgada e colocada no lixo pelos Senadores que votaram pela aprovação da reforma trabalhista na ultima terça-feira, 11/07. A proposta, enviada pelo governo federal, foi aprovada já à noite por 50 votos a 26.

Os senadores da bancada maranhense, Edison Lobão (PMDB-MA), Roberto Rocha (PSB-MA) e João Alberto Souza (PMDB-MA), votaram a favor da aprovação do projeto que acaba com direitos conquistados com muita luta pelos trabalhadores, rasgaram literalmente a CLT, destruindo totalmente as leis que asseguravam os trabalhadores contra os abusos dos patrões.

A reforma trabalhista muda trechos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e prevê pontos que poderão ser negociados entre empregadores e empregados, num acordo coletivo, como o parcelamento das férias, flexibilização da jornada, participação nos lucros e resultados, intervalo de almoço, plano de cargos e salários e banco de horas, e em caso de acordo coletivo, passando a ter força de lei.

Para o SEEB-MA a reforma trabalhista é mais uma manobra do governo Temer, que só beneficia a si próprio e os patrões, para desvalorizar o trabalhador e explora-lo mais ainda no exercício de sua função, mas afirma ainda que a luta ainda continua e que continuará unido à classe trabalhadora por nenhum direito a menos.

Vamos todos à luta!

FORA TODOS OS CORRUPTOS E AQUELES QUE RETIRAM OS DIREITOS DOS TRABALHADORES! 

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3522
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Mobilização, Unidade e Luta.