Fale conosco pelo WhatsApp Siga-nos no Facebook Siga-nos no Instagram Siga-nos no Twitter Siga-nos no Youtube

PLANTÃO / GREVE NO BASA

Imprimir Notícia

TST nega pedido de julgamento liminar para declarar greve do BASA como abusiva

16/10/2014 às 08:15
AEBA
A+
A-

O Banco da Amazônia ajuizou no dia 9 de outubro ação de dissídio coletivo de greve. Incapaz de negociar, a diretoria do Basa resolveu, unilateralmente, judicializar a Campanha Salarial 2014/2015.

Compõem o pedido do Banco junto ao TST, o julgamento liminar da greve como abusiva, o corte do ponto dos grevistas e multa diária de R$ 50.000,00 (ciquenta mil reais) para as entidades que desobedecessem à decisão.

O pedido de julgamento liminar foi INDEFERIDO pelo vice-presidente do TST, Ministro Ives Gandra. Isso significa que, para o TST, a greve ocorre dentro dos limites legais.

O pedido do Basa mostra que a prática da intimidação e da ameaça permeia a lógica da Comissão de Negociação e a Diretoria do Banco. Enquanto as entidades fazem uma greve forte, legal e dentro do regular exercício do direito de greve.

O Banco permanece intransigente

A intransigência da Diretoria não significa força, mas falta de inteligência e capacidade para gerir o Banco e negociar com seus empregados. Já deixou de ser intransigente e passou a ser soberba. 

Saiba mais

Deixe sua opinião sobre essa matéria:

Limite de caracteres (0 / 250)
SOBRE

Sindicato dos Bancários do Maranhão - SEEB/MA
Rua do Sol, 413/417, Centro – São Luís (MA)
E-mail: comunicacao@bancariosma.org.br
Telefones: (98) 3311-3500 / 3311-3516
CNPJ: 06.299.549/0001-05
CEP: 65020-590

MENU RÁPIDO

© SEEB-MA. Sindicato dos Bancários do Maranhão. Gestão Sindicato em Ação: a luta continua!